Imagem da lateral da busca
Limpa os float da busca
Facebook >

ore pelo japão


O maior terremoto já ocorrido no Japão em 140 anos de medições atingiu na tarde desta sexta-feira (madrugada no Brasil) a costa nordeste do arquipélago, provocando uma onda de dez metros de altura que varreu tudo em seu caminho, incluindo casas, navios, carros e estruturas agrícolas.

Cerca de 300 corpos foram encontrados na cidade costeira de Sendai, no nordeste do país, segundo a emissora de TV NHK. Aparentemente, as pessoas morreram afogadas. A dimensão dos danos ao longo de uma extensa faixa costeira indica que o número de mortos pode aumentar significativamente. Centenas estão desaparecidos.

A Cruz Vermelha disse em Genebra que a parede de água é mais alta do que algumas ilhas do Pacífico, e um alerta de tsunami foi emitido para toda a bacia do oceano, com exceção do Canadá e da parte continental dos Estados Unidos.

A Indonésia, o Estado norte-americano do Havaí e as Filipinas, entre outros, determinaram a desocupação de áreas costeiras. Países da região como Taiwan, Austrália e Nova Zelândia, no entanto, já suspenderam o alerta.

Por causa do tsunami, a população japonesa foi orientada a fugir de áreas costeiras para terrenos mais elevados.

O terremoto mais forte a atingir o Japão nos últimos 100 anos devastou diversas partes do país e provocou um alerta de tsunami em pelo menos 50 outros países.

O tremor de magnitude 8.9 atingiu o Japão às 2h46 (horário de Brasília). Houve diversos tremores subsequentes. Em Tóquio, todos estão em pânico. Uma refinaria de petróleo próxima à cidade pegou fogo, colocando em risco dezenas de tanques cheios. A mídia japonesa relata que mais de 4,4 milhões de casas ficaram sem energia elétrica no norte do Japão.

Assim como a Portas Abertas apoia e fortalece milhões de cristãos perseguidos em todo o mundo, queremos alcançar em amor as milhares de pessoas cujas vidas foram arrasadas com a perda de entes queridos, casas e empregos.

Junte-se à Portas Abertas em oração por aqueles que estão desabrigados e sem esperança. Muitos deles perderam todos os bens terrenos. Ore para que organizações de ajuda humanitária, pastores e voluntários dedicados possam levar a esperança para que eles continuem firmes, em nome de Jesus.

Também precisamos apoiar as igrejas que estão nas áreas afetadas ou circunvizinhanças. Ore por eles enquanto esses cristãos ministram para as pessoas atingidas por esse desastre.

Fontes: Missão Portas Abertas Internacional e Reuters

0 comentários:

Postar um comentário